Edição genética da vida humana & Bebês Geneticamente Modificados…

EM RESUMO

  • Os fatos:Apesar das regulamentações governamentais e questões éticas, existem poderosos interesses corporativos envolvidos no desenvolvimento e patenteamento da edição genética de formas de vida.
  • Refletir sobre:Os avanços humanos em biotecnologia, bem como a tecnologia, só serão plausíveis e úteis quando forem usados ​​para o bem da humanidade a serviço dos outros, sem qualquer outro uso ou intenção por trás de seu desenvolvimento.

Humanos geneticamente modificados” soa como um termo que pertence a Hollywood, mas na verdade é uma possibilidade muito real, e que está sendo fortemente discutida na comunidade científica. Contribuindo para um dos tópicos mais polêmicos até hoje, não muito tempo atrás, um painel de especialistas em ciência nos EUA apenas examinou e deu seu apoio à edição de linhas germinativas. Isso significa que, no futuro, os pais provavelmente serão capazes de adulterar a genética de seus filhos antes do nascimento. Tecnologia de escolha germinal refere-se a tecnologias reprogenéticas que permitem aos pais alterar as constituições genéticas de seus filhos. Uma das maneiras que isso pode ser feito é através da edição germinal, que é um termo mais sofisticado para a engenharia genética humana. A edição germinal altera os genes de um espermatozóide ou um óvulo, mas altera o futuro DNA de cada célula do embrião.

Os painéis eram compostos por especialistas de duas das instituições científicas de maior prestígio nos Estados Unidos, os quais recomendavam que a edição germinal fosse vista como uma opção séria no futuro e não fosse proibida imediatamente ( fonte ).

Essa é uma postura drasticamente diferente da última avaliação feita em dezembro de 2015 por uma  cúpula internacional de cientistas , que declarou que seria  “irresponsável prosseguir com a edição germinal, dada a controvérsia em torno do assunto e as questões de segurança envolvidas, todas elas ainda tem que ser resolvido.

As discussões dos painéis podem ser analisadas em um  relatório  divulgado no início desta semana pela Academia Nacional de Ciências dos EUA e pela Academia Nacional de Medicina. O painel recomendou que a edição germinal de embriões, óvulos ou espermatozóides precoces só deveria ser permitida para prevenir doenças graves ou incapacidades se houvesse evidência científica significativa que mostrasse que os procedimentos são seguros.

Você pode ler mais sobre essa história aqui .

Por agora, eu queria apontar uma peça escrita pelo economista canadense, autor e professor emérito de economia da Universidade de Ottawa e pelo presidente e diretor do Centro de Pesquisa sobre Globalização (CRG), Michel Chossudovsky onde este post originalmente apareceu.

Em novembro passado,  He Jiankui , professor de biologia chinesa da Universidade Southern de Ciência e Tecnologia (SUST)  em Shenzhen (província de Guangdong) anunciou que ele e sua equipe criaram os primeiros bebês geneticamente modificados do mundo: bebês gêmeos Lula e Nana.

Dr. He Jiankui, usou a tecnologia CRISPR “para alterar os embriões de sete casais [supostamente] para torná-los resistentes ao HIV”. Ele Jiankui fez seu anúncio na Segunda Cúpula Internacional sobre Edição de Genoma Humano realizada na Universidade de Hong Kong.

Ele afirma ter usado o CRISP “ para ajustar o DNA de embriões humanos  durante a fertilização in vitro”.

As amplas implicações deste experimento são de grande alcance. A edição genética de formas de vida humana, incluindo embriões, tem uma influência no futuro da humanidade.

Abre a caixa de engenharia genética de pandora aplicada aos seres humanos.

Mina a “reprodução da vida real”. Potencialmente, destrói a humanidade.

Screenshot Fonte Notícias da natureza Carl Zimmer

O experimento levanta importantes questões científicas e éticas. Embriões humanos não são mercadorias.

O governo chinês imediatamente abriu uma investigação, o Dr. He Jiankui foi demitido por sua Universidade em janeiro de 2019.

Interesses Corporativos: Edição Genética é “Big Business”

Apesar das regulamentações governamentais e questões éticas, existem poderosos interesses corporativos envolvidos no desenvolvimento e patenteamento da edição genética de formas de vida, incluindo as descobertas de Dr. He sobre “bebês geneticamente modificados”.

Embora o projeto de biologia de laboratório do Dr. He na Universidade tenha sido encerrado, ele continua sendo o presidente e principal envolvido da Direct Genomics Biotechnology de Shenzhen   uma empresa de “sequenciamento de genoma”, com amplos recursos financeiros. A Direct Genomics recebeu pelo menos US $ 43 milhões em financiamento de investidores chineses e internacionais:

“… O financiamento foi liderado pela Cosun Venture Capital Investment Management , uma empresa de capital de risco pertencente à Coship Electronics, listada em Shenzhen,  e a Chen Libei , um executivo da estatal  Fortune Capital. … 

Outros investidores incluem a  Beijing Xiyi Asset Management , que tem apenas um negócio de capital de risco – a Direct Genomics – desde a sua criação em 2016, com registro público. …

Em novembro de 2016, a Direct Genomics recebeu uma verba não revelada de três investidores – Beijing  Tengye Venture Capital, Amer International Group e Sinotech Genomic , de acordo com a tianyancha.com, uma provedora chinesa de dados corporativos. (SCMP, 29 de novembro de 2018)

Estamos falando de “grandes negócios” envolvendo o potencial de marketing e venda de formas de vida humana e animal geneticamente modificadas. Imagine as potenciais aplicações estratégicas e militares, para não mencionar o surgimento de uma economia de serviços de saúde corporativa para os super-ricos, onde “bebês perfeitos” podem ser comprados por um milhão de dólares.

Após a investigação do governo chinês, não há evidências concretas de que esse projeto de edição genética corporativa tenha sido descontinuado. Muito pelo contrário.

Vale a pena notar que  os direitos de propriedade intelectual relativos àtecnologia de edição do gene CRISPR -Cas9 usada pela equipe do Dr. He (ou seja, editar o DNA da vida humana e animal) não estão registrados na China. A patente pertence a uma entidade norte-americana: o  Instituto Broad , localizado em Cambridge, Massachusetts, com ligações a Harvard e MIT.

O  Instituto Broad  está firmemente comprometido com a busca da edição genética de células vivas humanas:

A capacidade de editar com precisão o genoma de uma célula viva possui um enorme potencial para acelerar a pesquisa em ciências da vida, melhorar a biotecnologia e até tratar doenças humanas.

Enquanto o Broad Institute é dono da tecnologia intelectual, o CRISPR-Cas9 foi inventado por um cientista chinês-americano Dr. Feng Zhang, baseado no Instituto Broad e no MIT.

Meng Prof. Feng Zhang, que está  respondendo ao anúncio polêmico do Dr. He, pede por “uma moratória na implantação de embriões [humanos] editados… até que tenhamos um conjunto pensativo de requisitos de segurança em primeiro lugar”.

Esta declaração representa os interesses do Broad Institute. De acordo com o colega de Feng Zhang,  Professor David Liu  (também em nome do Broad Institute):

“[Dr. Ele] relatou o  uso da nuclease CRISPR para editar o CCR5 em embriões humanos, resultando em nascidos vivos,  [constitui] uma grave violação da ética… Acima de tudo, bebês humanos editados foram gerados sem o envolvimento total de especialistas independentes em ética e ética. instituições reguladoras e órgãos governamentais relevantes é chocante. ”(grifo nosso)

Estas declarações são equivalentes a “lágrimas de crocodilo”. Na falta de regulamentação governamental eficaz (por exemplo, pela administração Trump), as considerações éticas acabarão por ser descartadas ou ignoradas.

“Moratória” em vez de “abolição” de uma tecnologia potencialmente perigosa é o ponto principal: “Temos uma moratória legal sobre isso aqui”,  disse o comissário da FDA Scott Gottlieb … As possíveis aplicações também são relativamente perigosas se chegarem às mãos de pessoas que não têm bom senso ou têm má intenção. ”  (Bloomberg SFGate , 27 de novembro de 2018)

Uma moratória em nome daqueles que possuem a patente CRISPR não impede o desenvolvimento e marketing para o lucro da edição genética de embriões humanos. O dinheiro é a força motriz. A moratória acabará por ser levantada. Potencialmente, o que está em jogo é uma empresa multibilionária.

Com toda a probabilidade, haverá uma batalha pelos direitos de propriedade intelectual relativos à tecnologia CRISPR-Cas9, envolvendo interesses corporativos tanto dos EUA quanto da China.

 Enquanto o Broad Institute recebeu a propriedade da patente CRISPR-Cas9 pelo Tribunal de Apelações dos EUA para o Circuito Federal, menos de 3 meses antes do anúncio do Dr. He em Hong Kong, a propriedade da CRISP é ativamente contestada. A Universidade da Califórnia em Berkeley também está envolvida na luta pela propriedade de patentes contra o Broad Institute, sediado em Cambridge. ( Wired,  11 de setembro de 2018).

The Takeaway / Deeper Discussão

Obviamente, o Dr. Chossudovsky faz alguns pontos importantes, mas e se os seres humanos forem feitos para fazer essas descobertas a fim de possivelmente expandir a vida humana e acabar com a doença, por exemplo? A questão aqui não é o potencial e o ato de editar genes, é a aquisição corporativa da humanidade, e grandes corporações agindo a partir da intenção de lucro e controle ao invés de agir de um serviço para outro tipo de mentalidade.

No final do dia, quando se trata deste tipo de descoberta e desenvolvimento, é fundamental que a humanidade tenha uma mudança de consciência, e opere completamente a partir de um nível totalmente diferente, que pode beneficiar a todos, e um de um lugar de boa qualidade. , em vez de operar a partir de um nível inferior de consciência que traz as preocupações que Chossudovsky menciona acima. Fonte

 

Mente & matéria – Princeton & cientistas russos revelam os segredos da Aura humana e das intenções…

EM RESUMO

  • Os fatos:Múltiplas áreas de estudo confirmaram que a intenção humana pode afetar o mundo físico. Esses experimentos de consciência vêm acontecendo há décadas e sugerem que não são apenas nossas ações que mudam nosso mundo.
  • Refletir sobre:Quem é você além da mente e do corpo? Qual aspecto de você está afetando nosso mundo exterior quando olhamos para essas experiências?Se nossa consciência e intenções podem mudar nosso mundo, devemos prestar muita atenção a elas?

Um cientista russo estuda o campo da energia humana e afirma que as pessoas podem mudar o mundo simplesmente usando sua própria energia.

Embora essa idéia não seja nova, muitos não dedicaram tempo para provar cientificamente essas idéias – embora o campo da física quântica tenha lançado alguma luz poderosa sobre o assunto ao longo dos anos. O Dr. Konstantin Korotkov, professor de física na Universidade Técnica Estadual de São Petersburgo, afirma que quando pensamos em pensamentos positivos e negativos, cada um tem um impacto diferente em nosso meio ambiente.

“Estamos desenvolvendo a idéia de que nossa consciência é parte do mundo material e que, com nossa consciência, podemos influenciar diretamente nosso mundo”, disse Konstantin Korotkov.

Muitos não podem ver a energia muito facilmente com o olho humano e, assim, o mundo da energia invisível pode ser difícil para a mente compreender sem medições científicas para verificar o que está acontecendo. Talvez seja por isso que o estudo da consciência que afeta nossa realidade permaneceu virtualmente intocado por tanto tempo. Talvez também seja devido ao fato de que pode ameaçar vários sistemas de crença que operam fortemente dentro da ciência e da religião.

Para ajudar a criar uma ponte entre o nosso mundo físico e invisível, estão sendo realizadas experiências científicas usando uma técnica chamada bioelectrofotografia. Nestes experimentos, uma suposição deve ser feita que afirma que o corpo humano e a consciência está constantemente emitindo energia. Isto nós temos visto provado através do trabalho da HeartMath olhando para o campo magnético que emite do coração.

Seguindo essa suposição, a Bioelectrophotography visa capturar esses campos de energia vistos como uma luz ao redor do corpo. No mundo metafísico, essa emissão de energia é conhecida como “aura” de uma pessoa, enquanto, no campo científico, ela costuma ser chamada de campo energético ou, às vezes, campo magnético.

Pesquisa de Princeton

O Dr. Korotkov não é o único a estudar os efeitos da mente humana, pensamentos e energia em nosso meio ambiente. O Laboratório de Pesquisa de Anomalias de Engenharia de Princeton (PEAR) também tem tentado se concentrar em torno do assunto e concluiu que a mente tem, de fato, uma capacidade sutil de influenciar a produção de dispositivos conhecidos como Geradores de Eventos Aleatórios (REGs).

Um projeto que inicialmente começou quando um estudante estava curioso para estudar os efeitos da mente e da intenção humana no ambiente circundante, se transformou em um rigoroso laboratório de testes onde o Dr. Robert Jahn e seu assistente de laboratório passaram muitas horas experimentando para determinar se a mente tem um efeito em nosso mundo físico. Jahn e seu assistente foram capazes de determinar que as interações das mentes humanas com as máquinas demonstravam uma relação que não era física por natureza. A mente foi capaz de afetar e alterar os resultados da máquina de maneiras que estavam além dos desvios padrão. Em essência, a consciência estava tendo um efeito sobre o mundo físico.

Para determinar os efeitos da intenção da mente no mundo físico, eles construíram várias máquinas chamadas de gerador de números aleatórios. A máquina basicamente imitaria um lançamento de moeda e registraria os resultados ao longo do tempo. A máquina executou 200 flips por segundo e produziu uma média de 100 como seria de esperar. Deixada desacompanhada, a máquina continuaria a produzir resultados que sugeriam uma chance de 50/50 de produzir cara ou coroa. Os resultados interessantes vieram quando a intenção humana começou a interagir com a máquina. O que antes era uma chance aleatória de 50/50 de produzir cara ou coroa começou a se desviar da expectativa quando o observador começou a pretender que os números fossem maiores ou menores. Embora os efeitos da mente sobre as máquinas não fossem grandes, bastava que a física contemporânea fosse incapaz de explicar o que exatamente está acontecendo.

As implicações desta pesquisa sobre a humanidade são bastante fascinantes, dado que ela poderia alcançar os domínios da criação de um mundo de paz, um mundo próspero e abundância. Se intenções e pensamentos podem impactar algo da maneira como foi demonstrado acima, por que não explorar os limites de quão longe isso pode ir? É meu sentimento e compreensão que criamos nossas realidades com nossas intenções e estado de consciência e sinto que a ciência está começando a confirmar isso. Com o tempo, vamos perceber o verdadeiro poder de nossas mentes e intenções.

O vídeo abaixo é uma sinopse muito breve do laboratório de pesquisa de anomalias de engenharia de Princeton da Universidade de Princeton, cuja pesquisa sobre interação mente-matéria forma a base da tecnologia de Psyleron. Fonte

Cientistas da Nova Era – Jeffrey Satinover – O Cérebro Quântico…

1CIENTISTAS DA NOVA ERA – Jeffrey Satinover – O Cérebro Quântico – As novas descobertas da Neurociência e a próxima geração de seres humanos-Física Quântica e Espiritualidade-Trigésima 1ªParte.

Jeffrey Satinover; uma breve biografia

Jeffrey Satinover, psiquiatra e psicanalista, é licenciado e assistente de cátedra do departamento de Física da Universidade de Yale, onde cumpre o programa de doutoramento (Ph.D.). É também bacharel em Ciência pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts – MIT; mestre em educação pela Universidade de Harvard e doutor em Medicina pela Universidade do Texas. Em 2004, tornou-se conhecido do grande público ao participar do filme Quem Somos Nós? (What the Bleep Do We Know!?); Depois de uma carreira de sucesso como um psiquiatra, neurocientista, analista junguiano e consultor empresarial, Dr. Satinover voltou a estudar física. Ele recebeu seu Ph.D. em física teórica interdisciplinar (física e financeira) summa cum laude a partir do Centro Nacional Francês de Pesquisa Científica (Nice) em 2008.Dr. Satinover é formado pelo MIT, mestrado em educação e em física pela Universidade de Harvard e Yale, respectivamente, um MD, da Universidade do Texas e um Ph.D. Bacharelado de Ciência em Física pela Universidade de Nice Sophia Antipolis. Lecionou em Yale e Princeton e é um ex-Professor William James em Harvard. Ele é o autor de numerosos artigos em uma variedade de disciplinas e autor de cinco livros. Ele é um orador convidado frequente em questões de política pública, incluindo pelo Congresso dos Estados Unidos, o Parlamento do Reino Unido e as Nações Unidas. Ele é ex-Estado do cirurgião de vôo para o Exército da Guarda Nacional de Connecticut.

 “Diga-me o que pensas que te direi a doença que terás”.

Lógicamente, a repercussão muitas vezes não é imediata, e também outros fatores estarão em jogo, mas, durante os mecanismos de substituição celular, o dínamo mental influenciando as células em seu estado de mitose, vai gerando células filhas de menor resistência e qualidade, até que os elementos de desagregação constantemente cultivados e emitidos tumultuam os serviços celulares e ensejam a materialização de patologias graves e de longo curso. Que ninguém se engane das responsabilidades e conseqüências quando movimentar as forças vivas do pensamento. Como o pensamento à feição de raios dinâmicos, como correntes de partículas, em um turbilhão de forças, circula em circuito fechado no nosso complexo fisiopsíquico antes de exteriorizar-se, irradiando-se pelo espaço à semelhança da propagação da luz, poderemos atestar com absoluta certeza que realmente ninguém fere ninguém sem primeiro ferir-se. Os frutos mentais que ofertamos são antes de tudo consumidos por nós mesmos. Além do pensamento se espraiar, como um plasma sutil, de forma quase instantânea por todos os campos ou corpos multidimensionais, devido à interpenetração dos corpos e estruturas similares e adjacentes em contato permanente e contínuo, ele ainda atinge, ou bombardeia, as nossas células, provocando influências não só do ponto de vista psíquico como físico, causando transformações moleculares e atômicas, alterações anatômicas, fisiológicas e metabólicas, pelos mecanismos dos centros de força e pelos microtúbulos dos tecidos áuricos, à semelhança de um circuito elétrico a se espraiar por um condutor. É assim que ondas sublimadas ou perturbadoras geram saúde ou doença em nossas vidas, dependendo da direção e da qualificação que viermos a dar às nossas correntes mentais. Nos estudos recentes de neurobiologia, algumas hipóteses vêm sendo levantadas da possível existência de microtúbulos formando as células e os processos de interação e transmissões neuronais. Talvez esses microtúbulos, que estão começando a serem estudados, possam ser a contraparte física das unidades espirituais de que os corpos sutis são formados, dentro de nossa visão e entendimento.

Jeffrey Satinover em seu livro “O Cérebro Quântico” afirma que estamos partindo para uma nova geração dos seres humanos. Em função das grandes novas descobertas envolvendo a neurociência e estudos mais a fundo do órgão, podemos afirmar que realmente estamos evoluindo e isso converge para uma grande evolução nos seres humanos.

As novas descobertas abrem caminho para novas experiências e novas pesquisas, como a construção de super computadores com capacidades lógicas e outras milhares de capacidades infinitamente mais velozes que qualquer outro atualmente disponível.Falam-se da criação de seres artificiais completamente auto-suficientes e dotados até mesmo de consciência própria.Isso mesmo, parece filme (Eu, Robô, IA,etc).

Seguem algumas descobertas:
– Computadores capazes de se auto-reparar (evoluir);
– Moléculas orgânicas que se transformam misteriosamente;
– Neuroplasticidade (ou seja, neurônio inteligente e com capacidade de se adpatar);
– Células Inteligentes;

Hoje já sabe-se que, dentro do nosso cérebro, aonde acontecem as “neurotransmissões”, existe funções químicas e elétricas aonde a mecânica quântica atua de forma até então desconhecida e que nos ajudam a entender cada vez mais sobre a natureza de doenças como Mal de Alzheimer.

HOLODECK

Na série “Jornada nas Estrelas – A Nova Geração” existe na nave uma sala na qual o computador pode simular qualquer realidade para o visitante. Esta realidade é tão completa em termos de percepção que todos querem vivenciar as infinitas possibilidades da mente humana. Nós vivemos algo semelhante e não sabemos que estamos num “holodeck” criado por nossa própria mente. Isso limita nossas possibilidades, porque ficamos presos numa só “realidade”. Esta ferramenta permite que se saia de uma determinada “realidade” e se possa experimentar infinitas outras, em todo seu potencial de criação e realização. Podemos “baixar” qualquer In-formação ou Realidade Alternativa e expandir nossas realizações e vivências. Assim,  percebemos que existem outras Realidades prontas para serem vividas. Com isso, acumulamos In-formação, crescemos, evoluímos e nos tornamos mais complexos, segundo após segundo. Isso é inevitável. Agora podemos exponenciar isso na medida do nosso desejo. Finalmente, as Infinitas Possibilidades estão ao nosso alcance.

Abrindo as portas da percepção da realidade

Todos os seres biológicos estão limitados normalmente a só perceber um pequeno espectro eletromagnético da realidade. Nós, humanos, ouvimos numa faixa de 20 a 20 mil Hertz. Um cachorro ouve mais que isso. Existem animais que não vêem as cores que nós vemos e assim por diante. É um parâmetro. Uma limitação codificada no nosso DNA. Desta forma o cérebro atua como um filtro ou redutor das ondas e freqüências que nos chegam. Deixando-nos perceber apenas uma pequena fração da realidade que nos cerca. Isso cria uma série de problemas para a compreensão da realidade. Ficamos presos numa caixa de percepção e achamos que é só isso que existe. Quando temos acesso a outras In-formações da realidade esse véu naturalmente se esvai, pouco a pouco, e passamos a ter acesso a novas camadas ou dimensões da realidade. Essa é uma vantagem extrema em todos os sentidos. Porque, quanto maior a nossa visão do todo, mais eficientes, saudáveis, amorosos, conscientes e felizes somos. É por esta razão que quem usa a Ressonância expande sua visão de mundo sem cessar. Até um ponto em que é feliz por si só.

ALGUNS TÓPICOS ABORDADOS PELO DR SATINOVER

“Técnicas desenvolvidas por Andrew Maniotis, Donald Ingber e seus colaboradores permitem a visualização dos microtúbulos no interior de células vivas e as experiências realizadas demonstram que mudanças conformacionais no citoesqueleto formam e reformam sua configuração interna a fim de criar mobilidade”. (Jeffrey Satinover, O Cérebro Quântico, Capítulo XIV).

“Os elementos estruturais básicos dos organismos unicelulares mais primitivos e evolucionáriamente mais antigos são, de forma semelhante, os mesmos microtúbulos, sugerindo mais fortemente como essas estruturas são fundamentais para a vida”. (Jeffrey Satinover, O Cérebro Quântico, Capítulo XIV).

OS  MICROTÚBULOS

Os microtúbulos tanto em relação ao corpo físico, quanto aos corpos sutis, seriam estruturas ocas, tubos ou canudos compostos por inúmeros blocos de moléculas idênticas. Em se referindo ao corpo físico, essas moléculas seriam proteínas. Os estudiosos da física quântica sustentam que a existência desses microtúbulos poderia explicar os efeitos quânticos no nosso organismo, cérebro e mente: “Conforme foi descrito por um pesquisador de Harvard: ” Um quadro coerente está finalmente começando a surgir; um sistema de transdução de sinais de “pensamento” integra informações multifacetadas e, algumas vezes, conflitantes de forma a desencadear a resposta biológica apropriada”. Deste modo, a rede interna microtubular dos neurônios exerce um papel chave no estabelecimento da fiação da rede neural macroscópica do cérebro”. (Jeffrey Satinover, O Cérebro Quântico, Capítulo XIV).

Essa rede microtubular não seria patrimônio físico apenas, mas conforme nossas observações, seriam, na verdade, representações físicas das unidades menos densas do nosso complexo psíquico, um sistema físico e sutil, multidimensional e interdimensional de transdução das nossas forças físicas, etéricas, astrais, mentais, etc.. Além dos neurônios, os organismos unicelulares, os fusos mitóticos, e inúmeras outras estruturas, seriam formados desses microtúbulos que realizariam funções diversas conectando o macrocosmo ao microcosmo: o transporte intracelular de organelas, os movimentos de cílios e flagelos, a divisão cromossômica, as modificações de sinais de um meio para outro, a comunicação entre o núcleo e o interior das células formariam um dos conjuntos de possíveis funções dos microtúbulos:

“As pontas de uma rede de microtúbulos estão fisicamente ligadas a outras partes da célula (por exemplo, as organelas, o núcleo e as membranas citoplasmáticas), de tal modo que o processamento paralelo, a sinalização e a transdução de forças físicas constituem uma função integrada e sem interrupções”. (Jeffrey Satinover, O Cérebro Quântico, Capítulo XIV).

Função integrada, sincrônicas, correlacionadas em processamento inteligente e auto-organizado transmitindo sinais, padrões de ondas ou forças de uma estrutura para outra, de um mundo dimensional para outro, assimilando correntes mentais próprias ou dos outros, quando em ressonância, materializando estados saudáveis ou disfunções, distonias e patologias em diversos níveis:

“Por exemplo, evidências recentes sugerem que, dentro do neurônio, a localização da patologia primária do mal de Alzheimer se acha nos microtúbulos”. (Jeffrey Satinover, O Cérebro Quântico, Capítulo XIV). .

 Ao examinar as estruturas reais e o funcionamento do nosso cérebro, Jeffrey Satinover — um dos cientistas do filme “Quem Somos Nós?” — questiona vários conceitos validados pela ciência tradicional e acaba desvendando a história de uma revolução que transformará o entendimento que temos do mundo, de nós mesmos e até de Deus.Computadores capazes de se auto-reproduzir, moléculas orgânicas que se transformam misteriosamente; universos paralelos que se entrelaçam, projetando o nosso futuro; células que parecem dotadas de inteligência individual; descobertas desconcertantes sobre a natureza de doenças como Alzheimer.

Tantos avanços impensáveis há poucos anos e que hoje, graças ao estudo do nosso cérebro e às implicações derivadas dessas pesquisas, estão se tornando realidade. Uma verdadeira façanha que reflete a emocionante jornada em busca de respostas sobre um dos maiores enigmas da ciência: o funcionamento do cérebro.

A consciência é um fenômeno quântico?

Seria a consciência um fenômeno quântico?  Ora, qualquer fenômeno microscópico é um fenômeno quântico. Assim, como nosso cérebro é constituído de entidades microscópicas, num sentido trivial nosso cérebro é quântico, assim como nossa consciência . Mas não é essa a pergunta interessante. Queremos saber se a física quântica é necessária para explicar a consciência, ou seja, se a física clássica é incapaz de explicá-la. Em poucas palavras, podemos dizer que o que a física quântica tem de essencial é que ela é uma teoria que atribui propriedades ondulatórias para partículas individuais. Se um objeto se comportar às vezes como onda (exibindo franjas de interferência), às vezes como partícula (aparecendo como um ponto ou seguindo uma trajetória bem definida), então só a física quântica é capaz de descrever o objeto. Caso isso não aconteça, dizemos que o objeto se comporta classicamente.

Considere a absorção de luz pela retina.  A física quântica é necessária para descrever este processo?  Sabe-se que certos animais são sensíveis a apenas um quantum de luz, e assim este processo é corpuscular. No entanto, acredita-se que nenhuma das propriedades ondulatórias da luz são relevantes para o processo de absorção em si. As propriedades ondulatórias afetam a distribuição espacial dos fótons, mas a absorção em cada célula da retina independe do que está acontecendo em outras células.  Assim, a física clássica seria suficiente para explicar a absorção de luz pela retina.

Existiria algum processo em nosso cérebro, essencial para a nossa consciência, que só pode ser explicado pela física quântica?

A ligação entre consciência e física quântica foi sugerida na década de 1930, mas em um sentido diferente do que estamos examinando aqui. Naquela interpretação “subjetivista” da teoria quântica, a consciência seria responsável pelo “colapso” da onda quântica . Mas a tese que queremos examinar não é o papel da consciência na teoria quântica, mas o papel da teoria quântica nas teorias materialistas da consciência.

ARGUMENTOS…

a) O cérebro seria um “computador quântico”.  Este conceito foi bastante trabalhado pelo físico David Deutsch, que mostrou que tal computador seria mais eficiente do que um computador digital.  Por seleção natural, essa vantagem computacional poderia ter favorecido um cérebro que fosse um computador quântico.

b) O cérebro computaria funções não-recursivas.  Computadores clássicos e quânticos só podem computar funções “recursivas”, mas o pensamento humano (por exemplo, a intuição matemática) extrapolaria esta limitação. Uma solução inovadora ao problema do colapso na mecânica quântica talvez solucionasse também esse problema da consciência, conforme sugestão do físico Roger Penrose. O problema aqui é que não se mostrou rigorosamente que o pensamento humano é capaz de computar funções não-recursivas.

c) Um fenômeno quântico semelhante à “condensação de Bose” poderia ocorrer no cérebro.  Este fenômeno é observado a baixas temperaturas, quando um grande número de partículas se comporta identicamente. O físico H. Fröhlich propôs, em 1968, um modelo biológico deste fenômeno de “coerência” à temperatura ambiente, envolvendo moléculas dipolares. Alguns pesquisadores afirmam ter encontrado evidência de que tal fenômeno ocorreria no cérebro.

d) O cérebro seria regido por leis análogas às da mecânica quântica.  Existe uma abordagem em neurociência que supõe que a convencional dinâmica do neurônio e da sinapse não é fundamental, e que as funções cerebrais podem ser descritas por um “campo dendrítico” que obedeceria a equações da teoria quântica de campos. Esta abordagem matemática foi inspirada na proposta de Karl Pribram,nos anos 60, de um modelo “holonômico” para o cérebro. Mas é fato que leis análogas às da mecânica quântica descreverem funções cerebrais.

e) A liberação de neurotransmissores é um processo probabilístico, que seria descrito apenas pela física quântica. Tal liberação, chamada de “exocitose”, ocorreria com uma probabilidade relativamente baixa (de cada 5 impulsos nervosos chegando à vesícula sináptica de células piramidais do neocórtex, apenas 1 liberaria o neurotransmissor).  De acordo com John Eccles, a mente (que em sua visão dualista existe independentemente do cérebro) poderia alterar levemente essas probabilidades de exocitose, o que constituiria um mecanismo para a ação da mente sobre o cérebro. Se ele estiver correto e a exocitose puder ser descrita pela teoria quântica, faltaria mostrar que a mecânica quântica é necessária para decrever este fenômeno, e de que forma este fenômeno estaria ligado com a emergência da consciência.

f) A nível subneuronal ocorreria processamento de informação.  Nos anos 70 descobriu-se que as células possuem uma delicada estrutura formada por “microtúbulos” de proteína, formando um “citoesqueleto”. Como tais microtúbulos são cilindros com diâmetro de apenas 25 nanometros (10-9 m), é razoável supor que eles só possam ser adequadamente descritos pela física quântica.  Resta saber se de fato o citoesqueleto tem uma função cognitiva, além de sua função estrutural e de transporte.

g) A mecânica quântica explicaria fenômenos de percepção extra-sensorial.  Alguns autores partem do princípio de que a consciência pode exercer influência direta sobre processos naturais, e procuram mostrar como um modelo quântico da consciência daria conta deste e de outros tipos de fenômenos.

Em suma, ainda não existe evidência concreta de que a física quântica seja necessária para explicar a consciência. É verdade, porém, que se trata de uma questão “empírica”, ou seja, só a ciência do futuro poderá dar uma resposta mais definitiva. Por outro lado, é plausível supor que o mistério da consciência deva envolver algum princípio científico novo, além do fato de que a consciência se origina em um sistema altamente complexo, como nosso cérebro. Qual será este princípio novo? Talvez obtenhamos uma resposta neste século XXI. Fonte

LEIA MAIS…

“O que é a Ciência Ortodoxa?” –clique aqui 
“O Yin-Yang da Complementaridade” – clique aqui.
“A Consciência Legisladora” – clique aqui
A consciência não está no cérebro
CENTER FOR CONSCIOUSNESS STUDIES 
SCIENCE OF CONSCIOUSNESS

*************************************************************************************

CONCLUSÃO E NOTA DO BLOG

Muitas religiões e filosofias milenares já disseram – e as modernas Física Quântica e Psicologia Transpessoal estão corroborando ­ que tudo o que está fora de nós, está igualmente dentro de nós. Isto quer dizer que todo o Universo está dentro de nós. Todas as potencialidades, qualidades, energias, elementos (inclusive químicos) que existem fora de nós, nós temos tudo isto, desde sempre, dentro de nós. Hoje inclusive já sabemos que o nosso próprio cérebro físico, opera igualmente com relação ao que é de âmbito interno ou de natureza externa. O amor, a força, a paz, a coragem, a determinação, a fecundidade, a justiça, o equilíbrio, a harmonia, a disciplina, a criatividade, a alegria, o prazer, a flexibilidade, a honestidade, a lealdade, a serenidade, a sensibilidade, a beleza, a neutralidade, a paciência;Todas estas – e muitas outras – qualidades, virtudes e potencialidades que existem desde sempre dentro de nós; Mas como ainda somos ignorantes de quem nós somos realmente, e estamos com a nossa perspectiva da existência e com o nosso referencial de realidade ancorados na dualidade e na impermanência, devemos obter respostas na física quântica e seus preceitos,que podem interagir conosco e nos ajudar a despertar e desenvolver a consciência de que estes potenciais e qualidades já existem em nós, desde sempre, e que nós somos Um com todo o Universo. E também podem nos ajudar a limpar e reequilibrar os conteúdos residentes nas nossas dimensões inconscientes, onde se alojam registros, crenças e padrões limitantes e dolorosos, que são o que nos mantém na ignorância de quem somos e na conseqüente manutenção do sofrimento. Ao longo da história da Humanidade, no processo da manifestação dos mitos, o homem projetou para fora de si todas as qualidades, virtudes e potencialidades, antropormofizadas na figura dos deuses, cada um com sua qualidade e função, como um verdadeiro processo coletivo/psicológico de projeção e transferência : focar fora de si e buscar fora de si o que já se tem em si mesmo e não se sabe que tem; E aí o homem construiu os deuses a sua imagem e semelhança, num processo intuitivo onde Sábios e Mestres de todas as épocas canalizaram escrituras, conceitos teológicos, uma infinidade de deuses, de rituais e de sistemas filosóficos.. Infelizmente grande parte das religiões e das pessoas acaba ancorando suas demandas de cura e de libertação/esclarecimento/conhecimento nestes símbolos e mitos externos, desenvolvendo as mais diversas formas de idolatrias e sistemas de barganhas espirituais, na esperança de que estes “seres poderosos” possam nos dar aquilo que pensamos que eles, tem mas nós não temos. Ou esperando que eles façam por nós o que nós temos que fazer.
EQUIPE DA LUZ É INVENCÍVEL

*************************************************************************************

Jeffrey Satinover – Quantum Physics & Spirituality-(acione as legendas em ingles)

50 Sinais de Atualizações Quânticas…

                A onda de luz do eclipse lunar da lua de sangue está em andamento.

Espere oscilações na estrutura de nossa realidade enquanto passamos por um intenso portal eletromagnético de Luz. Esta onda de luz nos leva a uma encruzilhada cósmica de linhas do tempo. Não há mais previsões ou caminhos claros.

As linhas do tempo de todos estão em constante transição. Vibrações de alta voltagem estão recalibrando nossa mente, corpo e alma. Estamos saindo da terceira dimensão. O carma de baixa densidade está sendo limpo a uma taxa exponencial.

Acelerado pelas ondas de luz cósmicas ativando nosso DNA, nos colocando conectados energeticamente com frequências de quinta dimensão. Muitas pessoas despertaram, mudaram estilos de vida, hábitos, pensamentos e padrões de comportamento, abraçando a expansão da consciência. Um ponto de inflexão foi realizado.

De que modo tudo isso se parece? Como se sente? Como os outros estão experimentando essa recalibração de nosso ser mente, corpo, alma?

A lista abaixo não está em ordem particular. É um palpite da evolução de um povo e seu planeta para dimensões superiores. Uma tentativa de esclarecer a logística de um salto quântico evolucionário no tempo e no espaço. Um processo complexo e cósmico reduzido ao indivíduo, do macro ao micro.

Você se identifica com algum desses sinais e sintomas?

Se assim for, bem-vindos amigos para a quinta dimensão.

1. Dores leves e dores persistentes no pescoço, costas, ombros, panturrilhas, braços e coluna vertebral, alongamento, afrouxamento dos músculos, aumentando a flexibilidade em todo o corpo.

2. Podemos parecer mais jovens, mais novos e mais saudáveis, embora possamos nos sentir fracos, esgotados e exaustos!

3. Padrões de sono saíram pela janela para muitos. Dormir quando puderem, seja dia ou noite, para garantir o autocuidado. Isso adiciona ao sentido que o tempo linear foi quebrado.

4. Efeitos ondulantes em nosso ambiente físico, móveis, paredes, escadas experimentadas através da visão e do toque.

5. Mudar a percepção das linhas de tempo, a consciência de que outros podem ter diferentes memórias de nós. Em que linhas de tempo estamos conscientemente presentes? As linhas de tempo podem se cruzar? Podemos pular de uma para outra?

6. Vivenciar diretamente OS efeitos do Mandela. Hiper consciência no detalhe da estrutura de nossas vidas mudando, irregularidade, troca. Déjà vu, loops de tempo, anomalias desencadeando o despertar do terceiro olho e desconectando-se da matrix.

7. Sincronicidades ocorrem em tempo real dobrando e expandindo nossa percepção da realidade como 3D.

8. Ressoar poderosamente com algumas pessoas e sentir intensa aversão a outras.

9. Sentir a necessidade de se retirar de perto de pessoas, evitando multidões.

10. Desconectar-se inteiramente da mídia convencional.

11. Diminuir o volume do estado geral e horrível do mundo, atento, focalizando nossa intenção e atenção em nosso ambiente imediato.

12. Aversão súbita e crescente a produtos alimentares de origem animal.

13. Linhas de tempo deslocadas ao acordar do sono. Perceba que isso pode não ser a única vida em que estamos existindo. Exaustão após o sono. Desfocagem de linhas entre o estado de sonho e a realidade.

14. Maior consciência da beleza na natureza.

15. Interações incomuns com animais, pássaros, insetos.

16. Conexão sensorial mais próxima às estações do ano, mudanças no clima, ciclos da natureza.

17. Obsessão com o céu, os planetas, a lua e o Sol.

18. Sentir-se sobrecarregado e preso pela rotina simultaneamente.

19. Sensação surreal de estar em um sonho, um filme, hiper realidade.

20. Hiper sensibilidade e aversão ao barulho.

21. Buscando espaço tranquilo para pensar, relaxar, comungar com a natureza, praticar o cuidado próprio e do ser.

22. Fascínio com assuntos que não nos interessavam antes: UFO, espaço, tecnologia, astrologia, astronomia, física quântica, espiritualidade, história, arte, paranormalidade, estudos esotéricos, filosofia, alquimia, conhecimento antigo e segredos ocultos.

23. Mudança de hábitos, deixando repentinamente aquilo que não mais serve ao nosso propósito maior.

24. Aumento da espontaneidade.

25. Invertendo para a compaixão a frustração em relação às pessoas que dormem.

26. Cefaléias súbitas, especialmente quando expostas a tecnologias da matrix, TV e smartphones.

27. Equipamentos eletrônicos quebrando, colidindo, falhando, frequências mais altas eliminam sistemas da matrix.

28. Sombras no canto dos olhos tomando forma, tendo cor e ressonância. Movimento cintilante através da visão.

29. Olhos embaçados, doloridos e cansados ​​(isso está ligado à ativação do terceiro olho).

30. Memórias aleatórias, flashbacks que desencadeiam escavações cármicas emocionais.

31. Lutando com tarefas diárias devido a níveis de energia baixos e oscilantes.

32. Crises de alta eficiência energética, clareza e profunda sensação de positividade.

33. Sentir-se ligado a um fluxo natural, um ritmo universal que é calmo, pacífico e alegre.

34. Entregar-se a esse fluxo e ser recompensado com rotinas, compromissos, interações que ocorrem sem problemas.

35. Carma instantâneo experimentado e observado nos outros.

36. Mudanças drásticas na ingestão e digestão de alimentos, maior necessidade de alimentos limpos e livres de toxinas e água para reidratação regular.

37. Querer alongar-se e exercitar-se regularmente, manter o sangue e a energia fluindo através do nosso sistema mental.

38. Pessoas esbarrando em nós como se não pudessem nos ver. Fique atento e consciente ao dirigir.

39. Sentido crescente de que algo grande está acontecendo, mudando, se transformando.

40. Ver através de mentiras e enganações em pessoas, política e narrativa planetária. Máscaras da matrix caem, as miragens matriciais se transformam em retórica sem sentido. Nós vemos a verdade em nossas próprias vidas e no cenário mundial.

41. Compreender as pessoas mais próximas a nós claramente pela primeira vez.

42. Ser atacado por pessoas negativas sem motivo aparente. Como mariposas na luz, elas são atraídas para pessoas despertas. A recusa silenciosa de curvar-se à sua vontade pode torná-los agressivos e hostis. Os mantras de proteção devem ser integrados em nossas vidas diárias. (*)

(*) Nota Stela – sugiro o Kodoish 

43. Conscientização e possível interação com entidades, ligações, rastreadores, Greys, interferência militar em nós mesmos e nos outros.

44. Educar-nos sobre possíveis outras espécies que vivem entre nós, a história complicada da raça humana.

45. Maior capacidade de identificar quem e o que as pessoas são por sua energia. Diminuir a dependência do nosso sentido de visão 3D.

46. ​​Aumento da consciência e precisão da intuição, instintos e premonições.

47. Zumbido sensação de vibração nos chakras principais, bem como tremores de corpo inteiro durante atualizações intensivas.

48. Orelha estalando, zumbindo causando sensações semelhantes à vertigem.

49. Crises súbitas de náusea e tontura, aterrar e reequilibrar com pequenos lanches de alta energia e água.

50. Crença renovada em um multiverso infinito de possibilidades, potencial e magia.

Estamos saindo da terceira dimensão. Kansas se foi tchau tchau. É um novo povo mundial. Pode parecer o mesmo, mas não soa igual, nem tem o mesmo cheiro, ou sente o mesmo. O mau funcionamento da matrix acelerará, incidentes bizarros aumentarão à medida que os véus se diluem.

Efeitos Mandela tomam forma desconstruindo nossa percepção da fluidez do tempo, podemos começar a sentir realmente um passo dado em falso. O mundo assumiu uma qualidade distintamente surreal. O céu é diferente, os planetas são diferentes, o sol parece diferente, a lua se comporta mal, as estações mudaram, há rumores de que a geografia de Gaia mudou.

Nossos corpos são ou estão em processo de mudança, recalibrando para estruturas mais leves capazes de se integrar com frequências mais altas. Nossos ossos, músculos e órgãos diminuíram em densidade à medida que liberamos o carma mantido, firme e preso. A limpeza energética está toda ligada à estrutura física.

Para outros, a transformação começou na mente, um despertar político. Vendo a depravação, a doença, a ganância no coração do sistema de controle religioso político-econômico do planeta. A raiva entra em ação.

O desespero, o medo, a frustração, o desamparo e a paranoia induzidos pela mídia, tecnologia e agenda política propagaram-se em todos os cantos da nossa existência cultural na matrix. O despertar político ou o leva para fora ou o leva para as portas luminosas da meditação, da quietude interior, da filosofia da paz exterior.

A unidade segue de perto quando nos conectamos com a tribo da alma, descartamos vampiros, crescemos, expandimos nossa consciência e ativamos nosso sistema de chakras. Bingo! estamos acordados, bem acordados.

Nós aprendemos que somos manifestadores e o mundo se torna administrável de novo, se acalma. Podemos navegar através da hostilidade, horror e medo. Podemos nos centrar, aterrar, estar atentos. A alegria entra em nossas vidas. Gratidão. Paz. Amor. E há esperança. A expansão da consciência nos abre para universos quânticos de potencial e progresso.

O despertar da alma pode ser experimentado como um incidente mágico ou uma culminação de eventos místicos. Nós nos tornamos intimamente conscientes de que não estamos sozinhos, estamos de alguma forma conectados a todo o mundo natural. Nós nos reconectamos com o nosso eu antigo, nosso eu superior, nossa sabedoria interior e visão do terceiro olho.

Buscamos quietude e serenidade na solidão. Nós meditamos. Nós rezamos. Nós mudamos como nos apresentamos ao mundo. Nos tornamos mais humildes em nossas interações com as pessoas. Reconhecemos a vulnerabilidade, o medo e o ódio aos outros. Nós somos sábios até predadores, manipuladores, enganadores e demônios. Aprendemos como Jedi a aproveitar a Força para a cura, proteção, orientação e amor.

O despertar da alma é o melhor! O corpo é lindo, para ser reconectado como um ser orgânico, ver e cuidar de nossos corpos respeitosamente é evolução. A expansão da mente é um redemoinho de faíscas, ondas de luz e epifanias. A ativação da alma do despertar da trindade é um “olá mundo quântico que já chegamos!”

As ondas de luz são mente, corpo, ativação da alma, atualizações que nos são transmitidas em uma placa cósmica. Você está preparado para tomar a pílula vermelha e se juntar a nós na quinta dimensão? Se você já é surfista do mar quântico de ondas de luz de alta vibração, fique lá em 5D, é um maremoto e precisamos do maior número possível no topo, o alvorecer de uma nova era, a Era de Aquário. Surfistas seguros irmãos e irmãs cósmicos x.

Meditação Ondas de Luz:

  • Sou grato por me conectar com guias e anjos.
  • Agradeço-lhes por seu amor e orientação. Eu envio amor, luz, alegria e paz.
  • Eu afirmo meu direito soberano de acabar com todo e qualquer contrato com entidades ou seres, feitos em relação a esta vida.
  • Eu afirmo meu livre arbítrio e minha soberania.
  • Entro na minha soberania, na luz brilhante da quinta dimensão.
  • Eu sou um ser livre e trinitário orgânico.
  • Eu uno minha mente, corpo e alma na luz divina.
  • Eu abraço o amor, libero o medo e me comprometo com o progresso da humanidade e de Gaia. Fonte
Namaste
Morag
Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
texto: https://awakening5dhealing.com
Edição e tradução exclusiva dos Trabalhadores da Luz: Laudi Fagundes

LUZ!
STELA

A Física Quântica está mudando tudo o que sabemos sobre nossas Vidas…

Thais Gibson
A física quântica é a nova física que está apontando para algo muito maior do que o mundo materialista acreditava ser a base da nossa existência. Ela não só está refutando a nossa percepção inicial de espaço e tempo, mas também está abrindo as portas para a possibilidade de viagem no tempo, telepatia e a consciência criar a nossa realidade.

A seguir estão algumas das principais propriedades da física quântica e as implicações que elas têm sobre o mundo que nos rodeia. Você não vai se decepcionar !

– Entrelaçamento Quântico: Quando duas partículas subatômicas se cruzam uma com a outra, elas se tornam “entrelaçadas”.

Isto significa que as suas propriedades tornam-se ligadas uma com a outra. Quando estas partículas entrelaçadas são separadas (por milhares ou milhões de anos-luz de distância), o que acontece com uma partícula instantaneamente acontece com a outra partícula.

O que isto significa: Significa que a informação está viajando muito mais rápido do que a velocidade da luz para ser comunicada instantaneamente através de grandes distâncias.

Isso desafia o que nós sabíamos ser possível e também sugere a noção de telepatia tendo potencial para ser estudada cientificamente.

Einstein se referiu a isto como “ação fantasmagórica à distância”. A nova física está sendo aproveitada em uma tentativa de construir “computadores quânticos” que vão revolucionar a tecnologia como a conhecemos hoje.

– Átomos e partículas subatômicas podem estar em dois lugares ao mesmo tempo.

Em 2012, Dr. S. Haroche e Dr. Wineland ganharam o prêmio Nobel ao utilizarem a física quântica para provar que os elétrons podem estar em dois lugares ao mesmo tempo. Esta teoria foi testada de 1 parte em 100 bilhões em termos de precisão. Isto oficialmente fez com que se tornasse a teoria da física mais bem-sucedida até então.

O que isto significa: Na teoria, esta noção se correlaciona com a interpretação da física quântica dos muitos mundos. Esta teoria implica que todas as realidades e possibilidades potenciais já existem e que existe potencialmente um número infinito de realidades paralelas. Esta teoria foi trazida à vida por um cientista chamado Hugh Everett.

Isto tecnicamente significa que quaisquer ações que você julgar nos outros, você também se compromete em uma realidade paralela. Também significa que o que está acontecendo com você agora, já aconteceu e vai acontecer novamente.

Mais importante ainda, essencialmente significa que nós coletivamente criamos a nossa realidade pessoal, como a ordem está “implicada” na existência de projetos exteriores, a ordem é “explicada” em torno de nós (Veja David Bohm “ordem implicada e explicada da existência“) sendo projetada de volta para dentro. Isto acontece através da nossa energia coletiva que está sendo filtrada através da consciência humana para projetar a realidade exterior que experimentamos.

– No mundo quântico tudo se comporta como ambos, onda e partícula!

As partículas subatômicas podem se comportar como matéria ou se mover em padrões de ondas. A parte mais alucinante sobre isto é que as partículas se comportam como ondas quando não estamos olhando e como matéria quando estamos!

O ato de olhar é que muda o comportamento das partículas.

O que isto significa: Significa que a consciência literalmente influencia a realidade. O ato de observar algo é realmente responsável por criar uma realidade potencial de vida. Você pode ter ouvido falar da lei da atração, a física quântica essencialmente comprova esta ideia.

Quando você se concentrar em um resultado desejado, é quase como se você “rebobinasse” algo já existente, trazendo à vida uma superposição quântica da realidade!

– Partículas quânticas têm a capacidade de se mover para trás e para a frente através do tempo.

Muito recentemente, os cientistas da Universidade de Queensland foram capazes de simular os fótons viajando através do tempo. Em um caso, o fóton foi enviado através de uma fenda espacial para interagir com ele mesmo num estado anterior. Em outro, um fóton viajou através do espaço/tempo regular para interagir com um fóton diferente.

O que isto significa: Simplesmente significa que os nossos cinco sentidos são muito limitados da forma como eles nos permitem perceber o mundo. A física clássica e grande parte da ciência se baseia em encontrar provas para conduzir experimentos e observar seus resultados somente através destes sentidos.

Nós interpretamos nossas observações com base em nossos limitados cinco sentidos. A física quântica está começando a demonstrar que existe muito mais do lado de fora de nossa percepção atual da realidade.

Isto também significa que o tempo e o espaço não são o que nós entendemos que sejam.

Eles não funcionam de forma linear.

Isso também abre as portas para a possibilidade de viagem no tempo.

Se estas partículas subatômicas são capazes de fazer isso e nós somos feitos de partículas subatômicas, que implicação isto tem ?

Uma coisa que eu sempre achei engraçado sobre ciência dominante é que ela prefere ignorar o milagroso e estudar o normal. Quando os eventos surpreendentes acontecem e desafiam a nossa base de crenças científicas, os cientistas que desejam explorá-los são frequentemente condenados por seus pares e pela comunidade.

Sabemos que a ciência se baseia em provar as coisas através de medição e cálculo. Mas se o que estamos percebendo é limitado, porque os nossos cinco sentidos só fornecem uma parte da imagem total, talvez seja a hora de começar a se concentrar em estudar o que é fora do comum.

A física quântica está atualmente desafiando e derrubando alguns dos nossos sistemas de crenças que são baseados nas limitações dos nossos cinco sentidos. Ao invés de olhar para o mundo externo, a ciência está começando agora a investigar o mundo interno na forma como se comportam as partículas microscópicas.

Para contemplar porque estas partículas estão se comportando desta forma e como estas partículas tornam o mundo em torno de nós verdadeiramente incompreensível. Fonte

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
©Thais Gibson
Origem: collective-evolution
Tradução e Divulgação: A Luz é Invencível
LUZ!
STELA

Programação Humana & Emoções, Memórias e Implantes…

Se você acha que não somos como computadores – que somos formas de vida orgânica e temos inteligência e não podemos ser programados – pense novamente!

Somos exatamente como computadores com sistemas operacionais, idiomas, memórias, CPUs. Lembra-se das séries WestworldDollhouse? Você acha que essas coisas são criadas apenas a partir da imaginação? O facto de alguém ter escrito os cenários para essas séries, significa que havia pessoas por aí que já tinham conhecimento interno de como a programação funcionava e que ela estava ocorrendo bem antes de essas séries serem concebidas.

Nos velhos tempos (após o colapso da Atlântida) quando os humanos viviam em sociedades de baixa tecnologia, a programação feita para controlar o comportamento humano era em grande parte alcançada através da programação da mente via imposição da normalização cultural. Os mestres de elite começaram lentamente a introduzir conceitos em várias civilizações que gerariam os resultados esperados. Essas técnicas iniciais de programação mental estavam mais focadas na criação de padrões de comportamento que faziam com que os humanos fossem facilmente gerenciados como gado. Esses padrões de comportamento acabaram resultando na criação de normas culturais e “costumes”, sistemas de crenças religiosas e sistemas legais / financeiros projetados para restringir ainda mais o comportamento humano para se adequar à agenda das elites.

Aqui está uma amostra das estratégias de programação que foram usadas historicamente:

Belicista – esta programação foi projetada para infundir os homens (género pretendido) com o desejo inerente de conflito armado constante. Isso inclui manipular diferentes grupos de homens e criar conflitos que resultariam em guerras. Cada grupo cria uma mentira sobre o outro, fazendo com que os grupos acreditassem que eles foram atacados de alguma forma. Esta é uma estratégia muito poderosa que é usada até hoje.

Programação de desportos (esportes) e jogos – Nos dias da Atlântida, as pessoas praticavam muitos desportos (esportes). Eles costumavam-se reunir e aproveitar encontros como os Jogos Olímpicos. No entanto, eles faziam isso apenas com o propósito de alegria. Depois da Atlântida, essa ideia foi levada para outro extremo e cenas cruéis foram criadas onde prisioneiros e animais foram mortos em frente a grandes audiências. As multidões foram programadas para que elas gostassem de assistir e até mesmo sentissem prazer sexual como emoções ao observá-las. Essa foi uma das primeiras implementações da programação emocional.

Caça como “Desporto” (“Esporte”) – esta é uma camada especialmente complexa de programação que combina tanto “belicência” quanto “programação de desportos (esportes) e jogos”. Por mais difícil que muitas pessoas não despertas acreditem, virtualmente todas as espécies sencientes que não vivem na superfície da Terra evoluíram geneticamente e tecnologicamente a um ponto em que não precisam matar outras espécies para se alimentar.

Assim, a primeira sub-camada da programação do ‘caçador’ era restringir a humanidade geneticamente e tecnologicamente, de modo que comer carne era considerado uma necessidade para a sobrevivência. Note-se que a desinformação dietética intencional através das eras, bem como os costumes sociais ritualísticos como “abate do gordo bezerro” também contribuiu para isso doutrinando humanos para o sacrifício animal como um aspeto necessário de muitas festas em dias santos – especialmente aqueles das religiões monoteístas.

Uma vez que a humanidade foi totalmente doutrinada na ideia de matar pela sobrevivência, então foi fácil criar um “desporto” (“esporte”) a partir disso. Especialmente nos EUA, a caça como desporto (esporte) tornou-se um grande negócio. Veja em

A caça por desporto (esporte) une a programação “belicista” com quase todos os outros métodos secretos de programação… de facto, pode-se ver na cultura popular e nas notícias nos últimos anos que “caçar animais por desporto (esporte)” … pode de facto estar treinando a humanidade “caçar os humanos por desporto (esporte)” … ou pelo menos para se tornar um fenômeno socialmente aceitável:

Criando Religiões e a Ideia de “O que Deus Aprova” – Essa era a ferramenta perfeita de programação mental. As pessoas estavam prontas para acreditar num “Deus” que não podiam ver. Desta forma, os controladores foram capazes de dizer à humanidade o que eles queriam, sem qualquer resistência. O maior dano das religiões foi suprimir o feminino divino e o conceito da “Deusa” feminina. Isso está relacionado com a programação “belicista”, porque as pessoas também foram coagidas a guerras em nome dos seus “deuses” masculinos.

O Sistema Educacional – Eventualmente, um novo sistema “o sistema educacional” começou a emergir para adicionar o mix. No século XVIII, alguns filósofos como Rousseau viram isso e advertiram a humanidade:

(Clique nas palavras ‘on education’ dentro da seção ‘Contents’)

O sistema educacional ensinaria diretamente às pessoas, a programação mental padrão. É aqui que o conceito de ciência deve estar separado da espiritualidade. Todos os cientistas foram educados no sistema, foram condicionados de forma a descartar a espiritualidade.

É claro que os governos, monarquias, jogavam a carta do medo e programavam as pessoas para obedecerem e serem escravas, enquanto as pessoas pensavam que isso era perfeitamente normal.

Os meios de comunicação – A mídia surgiu rapidamente depois da invenção da imprensa escrita por Gutenberg que permitiu que a palavra escrita fosse produzida em massa para um nível não visto no Ocidente desde, pelo menos, da época do Império Romano. Esta foi outra estratégia para controlar as mentes das massas, e tem sido uma arma desde o Renascimento para aqueles que lutam pela Luz / Liberdade, bem como pelas Trevas / Opressão.

Como a tecnologia evoluiu, também as estratégias e ‘mídias’ empregadas. Todos os povos do mundo estavam grudados na TV e estavam sofrendo lavagem cerebral e programação dia e noite. Eventualmente, mensagens subliminares ajudariam os controladores a alcançar os seus propósitos. Técnicas de programação emocional também estavam-se desenvolvendo. Agora isso mudou para a internet e são as mídias sociais como Facebook, Twitter, Instagram, etc.

Embora essas técnicas de controlo mental estivessem garantindo uma matriz de controlo sólida – juntamente com a tecnologia ultra-secreta dos véus – ao empurrar as imagens e ideias negativas para a mente humana, os cientistas empregados pela elite controladora têm estudado para inventar mais estratégias para controlar não apenas a mente, mas também as emoções humanas no século XX.

Neste ponto, os mecanismos se tornam mais ocultos, subtis … e poderosos. Para começar, os controladores tinham drogas que, quando ingeridas ou injetadas, faziam as pessoas seguirem as instruções sem questionar. Além disso, uma tecnologia chamada “Voz de Deus” (A ironia … aqui vem “Deus” novamente) que faria as pessoas ouvirem vozes nas suas cabeças.

Pesquisas adicionais também descobriram que, com o uso de certas frequências, elas poderiam forçar certas emoções no corpo humano. Na segunda metade do século 20, eles também teriam uma tecnologia de simulação que simularia / reproduziria certas coisas na mente humana. Então, essas pessoas “éticas” decidiram ser mais criativas e chegamos ao início dos anos 80, onde começaram a testar esses métodos em pessoas reais num grau mais amplo do que nunca (já se perguntou porque os orçamentos militares dispararam durante essa década… ).

Enquanto isso, a pesquisa fisiológica foi avançada o suficiente para que as Técnicas de Programação da Mente Baseada no Trauma (TBMPT) fossem combinadas com a pesquisa descrita acima para criar a escravização final dos seres que estavam encarnando para ajudar a humanidade a despertar e evoluir neste tempo profetizado na história.

O seguinte link que só deve ser lido por maiores de 18 anos explica o projeto MK-Ultra:

O que você vai ler depois desse ponto é apresentar alguns factos muito perturbadores que podem desencadear emoções profundas em você. Eu estou escrevendo isto, à medida que os Pleiadianos me pedem. Disseram-me que esta informação será um catalisador na desprogramação dos Trabalhadores da Luz (2) do que vocês estão prestes a ler.

Muito tem sido escrito sobre esses conceitos, de facto, aqui estão alguns links publicados há vários anos atrás que ajudarão a dar a todos que estão lendo, um contexto mais profundo sobre a “toca do coelho”.

“Então você tem uma escolha. Você pode tomar a pílula azul, esquecer isso e continuar com sua vida diária. Ao clicar nos links, você pega a pílula vermelha. Esteja ciente de que o que você lê aqui vai destruir a sua visão do mundo de forma bastante dramática e você precisará de algum tempo para digerir isso. Mas depois disso, você se tornará um pilar de força para as pessoas neste mundo, porque todo ser humano terá que lidar com essa informação mais cedo ou mais tarde, pelo menos até certo ponto. Por favor, entenda que não posso assumir responsabilidade por aqueles que lêem esta informação e suas reações psicológicas a isso. ”

Os três links a seguir são sobre o mesmo assunto, mas podem diferir ligeiramente:

Da mesma forma, os dois links a seguir são sobre o mesmo assunto, mas podem diferir ligeiramente:

A terrível verdade é que muitos Trabalhadores da Luz foram levados para várias instalações subterrâneas ao redor do mundo (principalmente entre 1996 e 2001, mas muitos foram tomados antes e depois deste período) e eles foram programados com TBMPT. Em outras palavras, tecnologicamente avançado “Abuso Ritual”. Mas a maioria não se consegue lembrar disso – pois as suas memórias foram apagadas ou alteradas para evitar a lembrança consciente do que aconteceu.

Muitos dos métodos descritos acima foram usados, juntamente com muitos outros. Observe que o número de técnicas que foram pesquisadas, desenvolvidas e “aperfeiçoadas” sobre a história humana registada é muito vasto para o escopo deste artigo.

Às vezes era apenas um tipo de simulação que era tocada na mente e assistida por drogas e/ou dada frequência para implantar a programação desejada. Em outros casos, configurações rituais reais foram criadas para ter um melhor sucesso na programação. Isso foi feito para pessoas-chave para aumentar o sucesso do programa. Crianças, ou qualquer coisa que tenha valor importante para a pessoa, foram usadas para gerar o efeito mais poderoso.

Com essa ciência feia e anti-ética, eles estavam programando as pessoas emocionalmente. Eles estavam impondo danos permanentes na psique do sujeito e imprimindo-o com um estado emocional sombrio. Esse estado emocional se mostraria sub-conscientemente dentro de todo processo de tomada de decisão na vida dessas pessoas. Deste modo, milhares e milhares de Trabalhadores da Luz foram impedidos de acordar e fazer as suas missões, de modo que a unidade seria inatingível, e nenhuma comunidade global ou alianças dessas pessoas poderiam surgir para desafiar o status quo da programação da humanidade.

Alguns importantes estados emocionais sombreados são os seguintes:

Culpa – Isso foi feito principalmente colocando a pessoa num estado que faz com que eles sintam que não conseguiram ajudar ou não puderam fazer algo ou prejudicar alguém. O palco seria muito perturbador. Depois de repetir os cenários vezes suficientes nessa programação emocional, essas pessoas constantemente se sentiam “culpadas” nas suas vidas. Nos seus relacionamentos, eles sempre sentiam que em todas as situações eles eram culpados e não seriam capazes de se afastar de relacionamentos disfuncionais.

Vítima – Algumas pessoas estão programadas para desempenhar constantemente o papel de “vítima”. Essas pessoas sempre farão com que você sinta que o que você fez não foi bom, e elas foram prejudicadas por isso. Eles farão com que você sinta que precisa fornecer ajuda para eles em todos os momentos. Eles sempre se queixam de outras pessoas que lhes causam dor. Considere alguém programado com culpa e alguém programado como sendo uma vítima vivendo junto … O relacionamento se torna um ciclo infinito de sofrimento.

O que está acontecendo por trás das minhas costas – Esta programação envolve fazer a pessoa sentir que sempre que alguém não concorda totalmente com ela, isso significa que ela está fazendo algo pelas costas. Isso é algum tipo de paranoia imposta. Essas pessoas acabam tendo tendência a mentir. Assim que se sentem ameaçados, começam a procurar provas conversando com outras pessoas que conhecem todas as partes e lhes dizem coisas incorretas. Isso acaba manipulando relacionamentos todos envolvidos. Esta é uma razão importante pela qual a unidade na comunidade e a clareza de propósito não podem ser alcançadas.

Passividade – Essas pessoas são programadas para não tomar qualquer ação em qualquer coisa. Isso impede o progresso. Essas pessoas, apesar de verem a verdade nos conflitos, permanecerão passivas e não tomarão nenhuma medida para promover a justiça.

Encontrando o Mau – Algumas pessoas estão emocionalmente programadas para constantemente procurar o ovo ruim na cesta. Eles sempre sentirão a necessidade de estar nalgum tipo de guerra na mente que procura maneiras de provar os seus pontos.

Para piorar ainda mais a situação, os Trabalhadores da Luz que deveriam cooperar entre si, foram programados para que todas as coisas ruins que aconteceram durante as suas sessões de TBMPT fossem feitas a eles por uma certa pessoa ou pessoas. Isto foi feito especificamente para impedir que Trabalhadores da Luz importantes cooperem com os outros – especialmente aqueles que encarnaram com o propósito de estar em posições de influência ou liderança.

Infelizmente, os conceitos compartilhados acima não podem ser provados até depois da Divulgação Completa – quando evidências indiscutíveis, como testemunhos de sobreviventes daqueles que se lembram totalmente e também de registos de vídeo/áudio, são exibidas abertamente ao público pela primeira vez.

Este não é um caso de “Imperador não tem roupa”, onde todas as pessoas vêem a mesma coisa e eventualmente a aceitam como a sua verdade. Essas atividades de programação foram realizadas nos locais subterrâneos escuros e as memórias das pessoas afetadas sobre esses lugares foram alteradas ou apagadas inteiramente. No entanto, a marca das emoções programadas permanece – alterando o comportamento pessoal durante anos.

O primeiro estágio de cura de qualquer trauma passado é reconhecê-lo e enfrentá-lo. O público-alvo das pessoas que estão lendo este artigo será accionado para lembrar algumas memórias estranhas depois que esses conceitos entrarem na sua consciência.

Para aqueles de vocês que serão accionados para iniciar o processo de desprogramação depois de ler este artigo, tente manter a calma e dedicar o seu tempo a atividades que o ajudem a relaxar e trazer alegria à sua vida. Além disso, esteja aberto e alcance todos os seres de luz com quem você ressoa (anjos, mestres ascensos, etc.) e chame-os para obter mais força e apoio durante todo esse processo.

O processo de cura pode ser caótico e desagradável, mas ter fé na sua capacidade de trabalhar através das memórias e emoções – cada um de nós tem um profundo reservatório de força que podemos acessar durante nossos testes emocionais mais difíceis. A hora de recuperar seu poder é agora! Fonte

Notas de rodapé:
1 Para aqueles leitores do “American Red Blooded” que podem acreditar que caçar e matar por desporto (esporte) é um direito inalienável, não que o texto da 2.ª Emenda não diga nada sobre matar animais ou humanos por desporto (esporte), como pode ser visto no elegante e simples texto real: “Uma milícia bem regulamentada sendo necessária para a segurança de um Estado livre, o direito do povo de manter e portar armas não deve ser infringido.”
2 O termo “Trabalhador da Luz” é frequentemente usado em demasia e incompreendido. Dentro do contexto deste artigo, “Trabalhador da Luz” geralmente se refere àqueles seres cujas almas têm origem em civilizações avançadas ou planos superiores de existência. Muitos desses seres encarnaram no planeta especificamente para ajudar a elevar a consciência da humanidade para a eventual ascensão física de Gaia / Terra, assim como a espécie humana. O TBMPT descrito neste artigo representa uma campanha maliciosa intencional ao longo de muitas gerações e até mesmo vidas para sequestrar esse processo e manter um baixo estado de consciência para a humanidade. O propósito primordial na publicação deste artigo é iniciar o processo de cura para aqueles seres que estão iniciando o processo de ‘lembrança’ para que eles saibam que não estão sozinhos … existem outros que são como eles e que experimentaram os mesmos traumas e agora se estão lembrando. A cura completa é e deve ser o objetivo final, não o medo desnecessário.
artigo em inglês: http://eventreference.org/2018/09/02/human-programming-101-emotions-memories-implants/
artigos relacionados:
oevento.pt/2018/10/14/cobra-atualizacao-planetaria-14-10-2018/ (COBRA referiu-se a este artigo na sua atualização)
oevento.pt/2018/09/29/pedofilia-trafico-de-criancas-rituais-com-assassinatos-projeto-mk-ultra/
oevento.pt/2017/04/20/o-controlo-da-mente-atraves-da-religiao-no-imperio-draconiano/
Pleiadianos
oevento.pt/2018/09/27/cobra-atualizacao-planetaria/

O DNA é influenciado por palavras (SOM) e frequências…

O DNA humano é uma Internet BIOLÓGICA e superior em muitos aspectos a uma rede artificial. 
A mais recente pesquisa científica russa, direta ou indiretamente, explica fenômenos como a clarividência, a intuição espontânea e atos remotos de cura, auto-cura, as técnicas de afirmação vocal (decretos), a luz incomum / aura em torno de pessoas, influência da mente/pensamentos sobre padrões climáticos, e muito mais. …

“No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez. Nele estava a vida, e a vida era a luz dos homens. E a luz resplandece nas trevas, e as trevas não a compreenderam”  João 1:1-5

Descobertas da Rússia sobre o DNA: Versão Original 

… Além disso, há evidências de um novo tipo de medicina nas quais o DNA pode ser influenciado e reprogramado por palavras e freqüências/som (O Verbo) SEM remover e substituir um único gene, ou sem a prática da medicina invasiva convencional.

O Raio Azul, o primeiro raio, a cor do raio da vontade e o poder do Verbo Criador: “E disse Deus: Haja luz; e houve luz.” Gênesis 1:3

Apenas 10% do nosso DNA está sendo usado para construir proteínas. É este subconjunto do DNA que é do interesse dos pesquisadores ocidentais e está sendo examinado e categorizado. Os outros 90% são considerados “DNA lixo”. Os investigadores russos, no entanto, convencidos de que a natureza não era estúpida (como os cientistas conseguem ser na maioria das vezes), se juntaram a lingüistas e geneticistas em uma aventura para explorar os 90% do assim chamado “DNA lixo”. Seus resultados, descobertas e conclusões são simplesmente revolucionários!

Segundo eles, nosso DNA não é apenas responsável pela construção do nosso corpo, mas também serve como armazenamento de dados e de comunicação. Os lingüistas Russos compreenderam que o código genético, especialmente nos 90% aparentemente inúteis, seguem as mesmas regras que todas as nossas linguagens humanas. Para este fim, eles compararam as regras da sintaxe (a forma em que as palavras são unidas para formar frases e sentenças), a semântica (o estudo do significado nas formas de linguagem) e as regras básicas da gramática.

Eles descobriram que os alcalinos de nosso DNA seguem uma gramática regular e estabelecem regras como as nossas linguagens. Assim as linguagens humanas não surgiram coincidentemente, são um reflexo (efeito) do nosso DNA inerente. O biofísico russo e biólogo molecular Pjotr Garjajev e seus colegas exploraram também o comportamento vibracional do DNA. [Para efeitos de concisão Vou dar apenas um resumo aqui. Para a exploração, por favor consulte o apêndice no final deste artigo]

O resultado foi:. “Cromossomos vivos funcionam como solitônicas / computadores holográficos que usam a irradiação Laser do DNA endógeno”. Isso significa que eles conseguiram, por exemplo, modular a freqüência de certos padrões em um raio laser e com isso influenciar a freqüência do DNA e, assim, a própria informação genética. Desde que a estrutura básica dos pares alcalinos do DNA e da linguagem (como explicado anteriormente) são da mesma estrutura, nenhuma decodificação do DNA é necessária.


A Hélice do DNA humano.
Pode-se simplesmente usar palavras e sentenças da linguagem humana! Isto, também, foi provado experimentalmente! A Substância viva (DNA no tecido vivo, não in vitro), sempre reagirá aos raios laser modulados na linguagem e até às ondas do rádio, se as freqüências apropriadas estiverem sendo usadas.

Isso explica finalmente e cientificamente por que as afirmações, ORAÇÕES, os decretos, recitação de mantras, o treinamento autógeno, hipnose e similares podem ter efeitos tão fortes nos seres humanos e em seus corpos. É perfeitamente normal e natural para o nosso DNA reagir à linguagem humana (o poder do Verbo). Enquanto os pesquisadores ocidentais cortam genes simples das fibras do DNA e inserem-nos em outra parte, os Russos trabalharam entusiasticamente nos artifícios que podem influenciar o metabolismo celular através das adequadas freqüências moduladas de rádio e luz e assim reparar defeitos genéticos.

Pjotr Garjajev e seu grupo de pesquisa conseguiu provar que com este método cromossomos danificados por raios-x, por exemplo, podem ser reparados. Eles capturaram padrões de informação de um DNA particular e os transmitiram para outro, reprogramando assim as células para outro genoma. Assim eles transformaram com êxito, por exemplo, embriões da rã para embriões de salamandra, simplesmente ao transmitirem os padrões de informação do DNA!

Desta forma, toda a informação foi transmitida sem quaisquer dos efeitos secundários ou desarmonias encontrados quando se extrai “cirurgicamente” e se reintroduz genes simples do DNA. Isto representa uma revolução inacreditável e uma transformação mundial e sensacional! Tudo isto pela simples aplicação da vibração e da linguagem em vez do procedimento de corte cirúrgico arcaico!(dissecação) Este experimento demonstra o poder imenso da genética, que obviamente tem uma influência maior na formação dos organismos do que os processos bioquímicos das seqüências alcalinas.

Os professores espirituais conheceram por eras que o nosso corpo e a manutenção de sua saúde é programável pela NOSSA PRÓPRIA linguagem, palavras e pensamentos e a VONTADE. Isto foi agora provado e explicado cientificamente. É claro que a freqüência tem que ser correta. E é por isso que nem todos são igualmente bem-sucedidos ou podem fazê-lo sempre com igual força e resultado. A pessoa individualmente deve trabalhar nos processos internos e na maturidade (isso significa EVOLUÇÃO), a fim de estabelecer uma comunicação consciente com o seu DNA. Os pesquisadores Russos trabalham em um método que não depende destes fatores, mas que SEMPRE funcionará desde que se use a freqüência correta.

Mas quanto mais desenvolvida a consciência de um indivíduo é, menos necessidade há para qualquer tipo de dispositivo! (TECNOLÓGICO) Pode-se conquistar (Criar) estes resultados por si mesmo, e a ciência finalmente parar de rir de tais idéias e confirmará e explicará os resultados. E não termina aí.? Os cientistas Russos descobriram também que o nosso DNA pode causar padrões perturbadores no vácuo, produzindo assim buracos de minhoca (Wormholes) magnetizados!

Buracos de minhoca são os equivalentes microscópicos das chamadas pontes de Einstein-Rosenna vizinhança dos buracos negros (deixados pelas estrelas que se extinguiram ao explodirem/implodirem).? Estes são conexões com ligações instantâneas entre áreas totalmente diferentes no universo através das quais a informação (e coisas podem ser transportadas) pode ser transmitida fora do espaço e tempo. O DNA atrai estas unidades de informação e transmite-os à nossa consciência.

Acima e abaixo: as Pontes de Einstein-Rosen (wormholes), permitiria a viagem no tempo, entre universos e dimensões.

Este processo de hipercomunicação é mais eficaz em um estado de relaxamento. Stress, preocupações ou um intelecto hiperativo (mente inferior voltada para FORA, para os fenômenos externos) impede a hipercomunicação bem sucedida ou a informação será totalmente distorcida e inútil (por isso a meditação é fundamental para se acessar outros níveis de consciência/a mente superior INTERNA) Na natureza, a hipercomunicação sempre foi aplicada com sucesso por milhões de anos. O fluxo organizado de vida nos estados de insetos prova isto dramaticamente. O homem moderno conhece isto somente a um nível muito mais sutil como “intuição”. Mas nós, também, podemos reconquistar o uso pleno dessa capacidade.

Um exemplo da Natureza: Quando uma formiga rainha está separada espacialmente de sua colônia, a construção ainda continua fervorosamente e de acordo com o plano. Se a rainha for morta, entretanto, todo o trabalho na colônia pára. Nenhuma formiga sabe o que fazer. Aparentemente, a rainha envia os “planos de construção”, também de longe através da consciência de grupo de seus assuntos. Ela pode estar tão longe quanto ela quiser, contanto que ela esteja viva.

No homem a hipercomunicação é mais frequentemente encontrada quando subitamente se ganha acesso à informação que está fora de uma base de conhecimento comum. Tal hipercomunicação é então experienciada como inspiração ou intuição. O compositor italiano Giuseppe Tartini sonhou por exemplo, uma noite que um demônio sentou em sua cama tocando um violino. Na manhã seguinte Tartini foi capaz de anotar a peça exatamente de memória, ele a chamou de Devil’s Trill Sonata.

Um tórus, uma figura fundamental na geometria sagrada e na construção de espaçonaves interestelares.
Durante anos, um enfermeiro do sexo masculino sonhava uma situação em que ele estava ligado a uma espécie de CD-ROM do conhecimento. O conhecimento verificável de todos os campos imagináveis foi então transmitido a ele que era capaz de se lembrar pela manhã de todo o conteúdo. Houve um tal fluxo de informação que parecia que toda uma enciclopédia era transmitida à ele durante a noite. A maioria dos fatos eram exteriores ao seu conhecimento básico pessoal e alcançava detalhes técnicos sobre os quais ele não sabia absolutamente nada.

Quando a hipercomunicação ocorre, pode-se observar no DNA, assim como no ser humano, fenômenos especiais. Os cientistas russos irradiaram com luz laser amostras de DNA. Na tela um padrão de onda típica foi formado. Quando eles removeram a amostra de DNA, o padrão de onda não desapareceu, ele permaneceu na amostra. Muitas experiências de controle mostraram que o padrão ainda vinha da amostra removida, cujo campo de energia permaneceu aparentemente por si mesmo. Este efeito é agora chamado efeito fantasma DNA.

Supõe-se que a energia de fora do espaço e do tempo ainda flui através dos buracos ativados depois que o DNA foi removido. O efeito secundário encontrado muito frequentemente na hipercomunicação também nos seres humanos são campos eletromagnéticos inexplicáveis na adjacência das pessoas interessadas. Os aparelhos eletrônicos como CD players e similares podem ser estimulados e parar de funcionar por horas.

Quando o campo eletromagnético se dissipa vagarosamente, os aparelhos funcionam normalmente de novo. Muitos curadores e sensitivos conhecem este efeito de seu trabalho. Quanto melhor a atmosfera e a energia, o mais frustrante é que o dispositivo de gravação pára de funcionar e gravar exatamente neste momento, mas na manhã seguinte tudo volta ao normal.

Talvez isto seja tranqüilizador para muitos que nos lêem, porque não tem nada a ver com eles, sendo tecnicamente absurdo, isso significa que eles são bons em hipercomunicação. Em seu livro “Vernetzte Intelligenz” (Rede de Inteligência), Grazyna Gosar e Franz Bludorf explicam estas conexões precisa e claramente. Os autores também citam fontes presumindo que a humanidade em tempos anteriores tenha sido, exatamente como os animais, muito fortemente ligada à consciência de grupo, agindo como um grupo.

Para desenvolver a individualidade e a experiência de separação que nós seres humanos atuais chegamos, porém, nós tivemos que esquecer a hipercomunicação quase que completamente. Agora que estamos absolutamente estáveis em nossa consciência individual, podemos criar uma nova forma de consciência de grupo, ou seja, uma, na qual chegamos a acessar toda a informação através do nosso DNA sem sermos forçados ou remotamente controlados sobre o que fazer com essa informação.

Nós Agora sabemos que, assim como na internet o nosso DNA pode alimentar seus dados apropriados para a rede, pode chamar os dados da rede e podemos estabelecer contato com outros participantes da rede. A cura à distância, telepatia ou “sensibilidade à distância” sobre o estado de parentes, etc pode ser explicado. Alguns animais sabem também à distância quando os seus donos planejam voltar para casa.

Isso pode ser interpretado recentemente e explicado por meio de conceitos da consciência de grupo e hipercomunicação. Nenhuma consciência coletiva pode ser sensivelmente usada em qualquer período de tempo sem uma individualidade distinta. Caso contrário, teríamos que reverter para um instinto de grupo primitivo que é facilmente manipulado.

A Hipercomunicação nesse novo milênio significa algo muito diferente: Os pesquisadores acreditam que se os humanos com plena individualidade recuperarem a consciência de grupo, eles teriam um poder de serem co-criadores de Deus na terra, que gosta de criar, alterar e moldar as coisas no nosso planeta (sempre para melhor e visando o bem estar comum)! E uma parte da humanidade (a que esta evoluindo) está se movendo coletivamente em direção a uma consciência de grupo de um novo tipo.

Uma Merkabah
Cinqüenta por cento das crianças de hoje serão crianças problema assim que a irem à escola. O sistema trata a todos global e uniformemente e exige um ajuste. Mas a individualidade das crianças de hoje é tão forte que eles se recusam a este ajuste e desistem de suas idiossincrasias dos modos mais diversos.

Ao mesmo tempo, mais e mais crianças clarividentes nascem [veja o livro “China’s Indigo Children” por Paul Dong ou o capítulo sobre os Índigos em meu livro “Nutze die taeglichen Wunder” (fazer uso das maravilhas diárias)]. Algo nestas crianças está se esforçando mais e mais para a consciência de grupo de novo tipo, e ele deixará de ser reprimida.Como regra, o clima, por exemplo, é mais difícil de se deixar influenciar por um único indivíduo.

Mas pode ser influenciado por uma consciência de grupo (nada de novo para algumas tribos que fazem isto em suas danças da chuva). O clima é fortemente influenciado pelas freqüências da ressonância da Terra, a assim chamada freqüência Schumann. Mas estas mesmas freqüências são também produzidas em nossos cérebros, e quando muitas pessoas sintonizam o seu pensamento (e a VONTADE) ou indivíduos (os mestres espirituais, por exemplo), focalizam os seus pensamentos como a luz em um laser, então cientificamente falando não é de todo surpreendente se, portanto, pudermos influenciar o clima.

Os pesquisadores da consciência de grupo formularam a teoria do Tipo das civilizações. Uma humanidade que desenvolveu uma consciência de grupo de novo tipo não teria nem problemas ambientais nem carência de energia. Pois se fosse para usar seu poder mental como uma civilização unida, teria o controle das energias de seu planeta natal como uma conseqüência natural. E isso inclui todas as catástrofes naturais! Uma civilização teórica Tipo II seria mesmo capaz de controlar todas as energias de sua galáxia natal. (n.t. Este é o futuro da nova civilização que já ESTA SENDO CRIADA NA TERRA)

No meu livro “Nutze taeglichen die Wunder“, eu descrevi um exemplo disto: Sempre que um grande número de pessoas centra a sua atenção ou consciência em algo semelhante, como Natal, campeonato mundial de futebol ou o funeral de Lady Diana na Inglaterra determinados números aleatórios são gerados em computadores e depois começam a apresentar números ordenados ao invés dos aleatórios. Uma consciência de grupo ordenada cria a ordem em seu ambiente inteiro! [http://noosphere.princeton.edu/fristwall2.html ]
[1] Quando um grande número de pessoas se reúne muito intimamente, os potenciais de violência também se dissolvem. É como se aqui, também, um tipo de consciência humanitária de toda a humanidade fosse criada.

Na Parada do Amor, por exemplo, onde todos os anos cerca de um milhão de jovens se reúnem, nunca houve quaisquer tumultos brutais como quando eles ocorrem, por exemplo, em eventos esportivos. O nome do evento em si não é visto como a causa aqui. O resultado de uma análise indicou que o número de pessoas reunidas em nome do amor era MUITO GRANDE para permitir uma inclinação para a violência.

Para voltar ao DNA: Aparentemente ele é também um supercondutor que pode funcionar na temperatura normal do corpo. Os supercondutores artificiais requerem temperaturas extremamente baixas, entre -140°C e -200° C para funcionar. Como se soube recentemente, todos os supercondutores são capazes de armazenar informações de luz assim. Esta é uma explicação de como o DNA pode armazenar informações. Há um outro fenômeno ligado ao DNA e aos buracos de minhoca (Wormholes).

Normalmente, esses buracos negros super pequenos são altamente instáveis e são mantidos somente por frações mínimas de segundo. Sob certas condições (leia sobre isso no livro Fosar / Bludorf citado acima) wormholes estáveis podem se organizar, os quais formam então domínios distintos do vácuo, em que, por exemplo, a gravidade pode se transformar em eletricidade.

Os domínios do vácuo são bolas auto-radiantes de gás ionizado que contêm quantidades consideráveis de energia. Há regiões na Rússia onde tais bolas brilhantes aparecem muito freqüentemente. Seguindo a confusão resultante, os russos iniciaram programas de investigação maciça que conduziram finalmente a algumas das descobertas mencionadas acima. Muitas pessoas conhecem os domínios do vácuo, como estrelas brilhantes no céu.

Com o olhar atento nelas eles imaginam e se perguntam o que elas poderiam ser. Eu pensei uma vez: “Olá, lá em cima. Se acontecer de ser um OVNI, voem em um triângulo. “E de repente, as bolas de luz se moveram em um triângulo. Ou elas se atiraram no céu como discos de hóquei no gelo. Eles aceleraram de zero a velocidades loucas enquanto deslizam suavemente pelo céu. Isto foi feito simploriamente e eu, como muitos outros, também, pensamos neles como discos voadores. Amistosos, aparentemente, já que eles voaram em triângulos apenas para me agradar.

Agora os Russos acharam nessas regiões, onde os domínios do vácuo aparecem freqüentemente que algumas vezes voam como bolas de luz do chão para o céu, que estas bolas podem ser guiadas por pensamentos. Descobriu-se que os domínios do vácuo emitem ondas de baixa freqüência e de como elas são também produzidas em nossos cérebros.

E devido a esta similaridade de ondas, eles são capazes de reagir aos nossos pensamentos. Entrar ansiosamente em uma dessas bolas de energia que está no nível do solo poderia não ser uma grande idéia, porque estas bolas de luz podem conter energias imensas e serem capazes de produzir mutações em nossos genes. Para muitos professores espirituais que produzem também tais bolas visíveis ou colunas de luz em meditação profunda ou durante o trabalho com energias que provocam sentimentos decididamente agradáveis e não causam nenhum dano.

Aparentemente, isto também é dependente de uma ordem interna e sobre a qualidade e procedência do domínio do vácuo. Há alguns professores espirituais (o jovem inglês Ananda, por exemplo), com quem nada é visto primeiro, mas quando se tenta tirar uma fotografia enquanto ele se senta, fala ou medita na hipercomunicação, obtém-se apenas uma imagem de uma nuvem branca sobre a cadeira em que ele esta sentado.

Em alguns projetos de cura na Terra, tais efeitos de luz aparecem também nas fotografias. Basta colocar, estes fenômenos que têm a ver com anti-gravidade, que as forças da gravidade também são exatamente descritas no livro, e com cada vez mais hipercomunicação mais estável e, portanto, com as energias fora de nossa estrutura de tempo e espaço.

As gerações de tempos anteriores que entraram em contato com tais experiências de hipercomunicação e domínios visíveis do vácuo estavam convencidas de que um anjo tinha aparecido diante delas. E nós não podemos estar muito certo das formas de consciência que a podemos ter acesso ao se usar a hipercomunicação. Não ter provas científicas da sua existência real (pessoas que têm tido tais experiências, NÂO são todas que sofrem de alucinações), não significa que não há base metafísica para isto. Nós temos simplesmente dado outro passo gigantesco em direção à compreensão de nossa realidade paralela.

A ciência oficial também conhece as anomalias da gravidade na Terra (que contribuem para a formação dos domínios do vácuo), mas somente aqueles abaixo de um por cento. Mas recentemente as anomalias da gravidade foram encontradas entre três e quatro por cento. Um destes lugares é Rocca di Papa, no sul de Roma (local indicado no livro Vernetzte Intelligenz junto com vários outros). Objetos redondos de todos os tipos, desde bolas até ônibus lotados rolam em direção ladeira ACIMA contra todas as leia da física e gravidade. Mas o trecho em Rocca di Papa é bastante curto, e os céticos continuam desafiando a lógica de fugir para a teoria da ilusão de ótica (o que não pode ser devido a várias características do local).Fonte

Todas as informações são extraídas do livro “Vernetzte Intelligenz“, von und Franz Grazyna Fosar Bludorf, ISBN 3930243237, resumidos e comentados por Baerbel. O livro só esta, infelizmente, disponível apenas em alemão até então. Você pode encontrar os autores aqui:
http://quantumpranx.wordpress.com/dna-can-be-influenced-and-reprogrammed-by-words-and-frequencies/www.fosar-bludorf.com
[2]; Transmitidas por Vitae Bergman: http://www.ryze.com/view.php?who=vitaeb
1.http://noosphere.princeton.edu/fristwall2.html%E2%80%A82
2.http://www.fosar-bludorf.com
3.http://www.ryze.com/view.php?who=vitaeb
http://thoth3126.com.br/o-poder-da-palavra-o-som/
Tradução, edição e imagens: Thoth3126@gmail.com
Fonte: http://quantumpranx.wordpress.com/dna-can-be-influenced-and-reprogrammed-by-words-and-frequencies/
Por Grazyna Fosar e Franz Bludorf – Quantum Pranx